Gotmink: Onde as mulheres fazem a diferença

Tendo em conta que na Gotmink as mulheres têm uma representatividade significativa em funções de liderança, surge o convite para um destaque exclusivo na edição de novembro 2021 da Revista Gestão Empresarial, um suplemento mensal do Jornal Diário de Notícias. Esta edição teve como objetivo principal assinalar o empreendedorismo, força empresarial e a inovação dos empresários e empresárias deste país, como tema de destaque “Ser Mulher, Líder e Empreendedora”.

A diversidade e a inclusão são parte integrante da cultura empresarial da Gotmink e, desde a sua fundação em 2015, que se tem vindo a verificar um aumento do número de mulheres ao nível da administração. Assim como salientado pelo nosso CEO, Nuno Miranda, “independentemente do seu género, na Gotmink todos têm as mesmas oportunidades.”

Declara ainda que “O facto de mais de metade dos nossos departamentos serem liderados por mulheres, é algo que nos deixa bastante orgulhosos.”

Para a Gotmink, o percurso profissional dos seus colaboradores é definido com base na meritocracia e, por isso, procura sempre garantir que fatores como o género, etnia, idade, religião ou orientação sexual não são penalizadores no desenvolvimento profissional das suas pessoas, procurando sempre numa fase embrionária eliminar preconceitos que vêm de dentro para fora. O nosso CEO acredita que “toda a construção de um ambiente profissional mais igualitário, diverso e inclusivo tem a capacidade de gerar resultados que vão muito além do aspeto financeiro”, com isto a ter enormes reflexos nos resultados que têm vindo a ser atingidos.

Conheça um pouco mais acerca do percurso profissional das nossas Head of Marketing, Brand & Communications and Business Innovation (Vanessa Ferreira), Diretora Comercial (Vânia Costa), CallCenter Coordinator (Carla Loureiro) e Head of Administrative Department & Customer Support Manager (Rita Coutinho), assim como principais desafios dos respetivos cargos e características apontadas pelas mesmas como sendo indispensáveis a uma boa líder.
Para ler as entrevistas completas > clique aqui.


Artigo relacionado:

Recrutamento inclusivo – Igualdade de oportunidades